Filme aborto: Um alerta para a educação infanto-juvenil




:Resultado de imagem para CONSEQUÊNCIAS PARA O ABORTADO:
Antes de tecermos maiores considerações, é importante lembrar que toda reação será proporcional à intenção da agressão e também à evolução  do espírito agredido. Vejamos o que o Livro dos Espíritos coloca sobre a consequência do aborto para o encarnante na pergunta 357: "Para o espírito uma existência nula a recomeçar". Para os espíritos mais evoluídos que, muitas vezes, encarnariam para restabelecer a paz doméstica, a recusa de sua encarnação não será motivo de ódio ou ressentimento, provavelmente, continuará vibrando por aquele lar na espiritualidade, aguardando nova oportunidade de auxílio. Por outro lado, aqueles ainda pouco evoluídos terão reação agressiva. Permanecerão ligados ao chakra genésico materno, causando alterações como as mencionadas na obra “No mundo maior” – cap. X, onde André Luiz relata o episódio em que a revolta do encarnante foi tanta que, passou a alterar magneticamente o útero materno, causando profusa hemorragia, seguida de distúrbio cardíaco e, finalmente ao desencarne materno. A ligação ao chakra genésico materno, poderá ser contínua, gerando alterações ginecológicas futuras, inclusive infertilidade. Por outro lado a ligação pode ser feita com o chakra esplênico, sugando as energias vitais maternas, num verdadeiro vampirismo.

  CONSEQUÊNCIAS PARA O ABORTEIRO:
Muitas vezes a ignorância de princípios básicos de religiosidade, são atenuantes à culpa do profissional (médico ou não) que executa o aborto. Este fato, no entanto não os exime da culpa da realização do aborto e das suas consequências. No livro “Nosso Lar” André Luiz conta em seu capítulo 31, sobre as distonias energéticas visualizadas sobre o corpo espiritual de uma mulher que se dedicava ao aborto e ao infanticídio. São relatadas formas “viscosas e aderentes, deformadas e animalizadas” vinculadas aos médicos e quiropráticas. Na presente encarnação, tais profissionais,  já podem perceber consequências físicas e afetivas, por interferência direta dos obsessores. Nas encarnações seguintes, todos os chacras poderão estar desequilibrados e, portanto, todo sofrimento ligado ao desequilíbrio genésico e coronário como também esplênico e cardíaco.


CONSEQUÊNCIAS PARA O ABORTADO
Resultado de imagem para CONSEQUÊNCIAS ESPIRITUAIS PARA A GESTANTE: CONSEQUÊNCIAS ESPIRITUAIS PARA A GESTANTE:
Primeiro devemos lembrar que o espírito enviado para reencarnar era um ser que havia sido preparado para reconciliação e portanto já se encontrava sob esquecimento do passado. Feito o aborto, voltam as lembranças e as suas vibrações  atingirão a esfera psíquica materna agravando a sua situação psicopatológica.

Outro aspecto a ser considerado é a infração às Leis Naturais:
Livro dos Espíritos 358: “Há sempre crime no momento em que se transgride a lei de Deus”. Desta forma há evidente consequência espiritual do abortamento. Ao desencarnar, a mulher terá, conforme o grau de responsabilidade, alterações energéticas no perispírito que só poderão ser eliminadas na próxima encarnação através de expiação ou prova (sofrimento físico e moral), e reparação (fazer o bem àquele que foi prejudicado). A expiação não é punição e sim uma consequência do desequilíbrio energético patente no perispírito. No livro “Evolução em dois mundos” André Luiz explica que tais desequilíbrios influirão no sistema reprodutor feminino causando inúmeras alterações que predisporão a mulher ao abortamento ou ao trabalho de parto complicado. Não só o chakra genésico se desequilibra com o abortamento; também são conhecidas disfunções a nível do chakra cardíaco e coronário para aquelas mulheres que se desequilibraram respectivamente na esfera afetiva e psicológica. A expiação e a prova, não são, entretanto, a única forma de resgate do ato praticado. Lembrando a 1a epístola de Pedro (4:8): "...Porque a caridade cobrirá uma multidão de pecados ". O remorso e a culpa são posturas estáticas decorrentes do erro, devemos transformar esta experiência em algo produtivo e a opção pelo amor e caridade são a melhor forma de crescer em créditos espirituais.

 Resultado de imagem para CONSEQUÊNCIAS PARA O PAI: aborto 
CONSEQUÊNCIAS PARA O PAI:
Muitas vezes o pai é o mentor intelectual do crime. Seu desequilíbrio imediato seria no chakra coronário predispondo à obsessão e posteriormente às alterações do chakra genésico, na próxima encarnação, o predisporá às conhecidas patologias que levam à infertilidade masculina.
   

Alerta: video


Resumo explicativo das consequências do aborto no plano espiritual, além do cuidado que se deve ter para não praticá-lo sem mesmo saber: Resultado de imagem para CONSEQUÊNCIAS PARA O ABORTEIRO
1) A partir da fecundação o espírito se liga a matéria. Ou seja, com a fecundação já existe vida. Obs: Todos nós somos espíritos. Os espíritos podem estar ligados ao corpo físico (nós) ou sem copo físico, apenas sendo energia fluídica (espíritos). Entende-se por corpo qualquer material físico, como um óvulo.
2) O aborto é a retirada da vida, portanto quem pratica (a mãe) e quem faz (o médico) e que consente (família) estarão todos praticando uma ação negativa e se comprometendo na lei da ação e reação.
3) Cuidado com medicamentos contraceptivos que removem o óvulo após a fecundação – também é aborto. Muitas mulheres já abortaram sem ao mesmo saber. As consequências espirituais não serão tão graves quanto a quem pratica consciente do seu ato. Porém podem ter reações parecidas. Verifiquem como funciona cada método. De inicio já posso afirmar que a “pílula do dia seguinte” pode causar aborto, pois estará eliminando o óvulo já fecundado.
4) As consequências de um aborto planejado no plano espiritual é extremamente grave. Tanto que a mãe praticante do aborto pode até mesmo vir a ser obsediada pelo espírito que viria como filho – revoltado com a situação. Além disso muitos casos de depressão são causados por esses espíritos que foram abortados e agora amargam revolta contra a ex-futura mãe, exercendo influências negativas e obsediadoras. E mesmo assim a praticante do aborto e os envolvidos irão pagar por essa ação abortiva, pois toda ação terá uma reação no plano espiritual.
Portanto a prática do aborto leva a todos os envolvidos a contraírem dívidas que mais tarde deverão ser pagas, nessa vida ou numa próxima. Muitas pessoas hoje em dia que não podem ter filhos, foram pessoas envolvidas com aborto no passado e agora passam por essa reação, dentre outras
Fonte:amigosespiritas
 Fonte:Joana'darcwordspress



 

Share this:

JOIN CONVERSATION

    Blogger Comment

0 comentários:

Postar um comentário